sexta-feira, 15 de março de 2013

Sobre o amor...


“Eu te amei muito. Nunca disse, como você também não disse, mas acho que você soube. Pena que as grandes e as cucas confusas não saibam amar. Pena também que a gente se envergonhe de dizer, a gente não devia ter vergonha do que é bonito. Penso sempre que um dia a gente vai se encontrar de novo, e que então tudo vai ser mais claro, que não vai mais haver medo nem coisas falsas. Há uma porção de coisas minhas que você não sabe, e que precisaria saber para compreender todas as vezes que fugi de você e voltei e tornei a fugir. São coisas difíceis de serem contadas, mais difíceis talvez de serem compreendidas — se um dia a gente se encontrar de novo, em amor, eu direi delas, caso contrário não será preciso. Essas coisas não pedem resposta nem ressonância alguma em você: eu só queria que você soubesse do muito amor e ternura que eu tinha — e tenho — pra você. Acho que é bom a gente saber que existe desse jeito em alguém, como você existe em mim.”

Caio Fernando Abreu

8 comentários:

  1. Amei tudo aqui Re , super lindo o blog , já sou fã!! hahaha
    Já estou seguindo se puder retribui??!!
    http://blogdajufraga.blogspot.com.br/
    Beijoos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico muito feliz que tenha gostado Jú! Obrigado!

      Excluir
  2. Aawwn. Seu texto é muito sublime. Amei, em meados de um reconciliamento! Amei mesmo! :)

    ACESSO PERMITIDO. <3
    Retribui?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O texto é do Caio Fernando Abreu, e sim, é sublime mesmo!

      Excluir
  3. Não exite um texto sequer do Caio que eu não goste. E se não gostar, é porque não corresponde ao momento. <3 lindo

    Beijo,
    http://paraisodemenina.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Oi amiga td bem? Passei pra desejar um bom findi e dizer que aguardo as postagens da semana ok?
    E te espero durante a semana lá no meu blog

    www.erikakikasouza.com
    bjus

    ResponderExcluir

Obrigado por comentar!